A primeira vez a gente nunca esquece

collage-2016-03-13-00_20_09-1-jpg

Olá! *-*

A maravilhosa Joy do blog Depois de nós me indicou para responder esta interessante tag! Consiste em contar uma história, ela sendo engraçada, trágica ou muito assustadora e no final você por ‘a primeira vez a gente nunca esquece…’ 💩

Havia visto em outros blogs e tinha gostado muito! Fiquei contente com a indicação! *-*

Sou do tipo de pessoa cheia de histórias engraçadas pra contar, mas não sei qual escolher, difícil, complicado…

Mas vamos lá!

“Quando eu tinha 9 anos, nos primeiros dias de aula da 3ª série, chegou um aluno novo que se chamava Tiago e ele não foi muito com a minha cara, era implicante, fazia piadinhas, e a gente brigava todo dia, porque eu era o tipo de menininha que batia muito nos garotos (na brincadeira claro) e me divertia bastante fazendo isso!  Mas aos poucos as brigas foram diminuindo e começamos a ser mais amiguinhos, ele me levava balas, emprestava material escolar, enfim… Um dia minha mãe comprou uma caixa de lápis de cor daquelas Faber Castell de 36 cores, na época era a sensação!!! Eu surtei de felicidade e ostentava todas aquelas cores… Neste mesmo dia, o Tiago me pediu que lhe emprestasse algumas, eu não queria, pois minha mãe tinha orientado não emprestar a ninguém, pra não perder! Então neguei. E foi aí que ele me disse que eu tinha que emprestar, afinal ele dividia lanche, doces, outros materiais comigo, e que eramos namorados por isso! Que forma romântica de se declarar hein! rs Eu levei um susto, mas… gostei, pensei, e emprestei os lápis, e foi assim que arranjei meu primeiro namoradinho. Como eu era fácil, né? rsrsrs “

Gente, lembrei de outra aqui, posso contar? Vou contar…

“Quando tinha 14 anos, na escola que estudava rolou um campeonato de queimada, então eu era obrigada a participar. Quem me conhece sabe que Isabella e esportes não combinam, nunca! Mas como não tinha escolha o jeito era levar como desse. Chegou a hora da minha turma jogar, e eu que não fazia a mínima ideia do que estava fazendo ali, fiquei o tempo todo me escondendo atrás dos outros para evitar tomar aquela bolada. Ao contrário do que pensei, foi a pior decisão da minha vida, porque se tivesse sido queimada logo, estaria livre, mas não, fui ficando, até o final, até sobrar apenas eu e mais um garoto, e daí começaram a gritar das arquibancadas (sério): “Queima a Isabella, queima a Isabella, queima a Isabella.” E lógico que… me queimaram em seguida! Foi o maior mico, fui zoada por dias, mas fiquei famosinha na escola hahaha”

Vocês me perdoam se eu quebrar todos os protocolos e contar mais uma história? Essa é a última prometo e a mais recente.

“Pra quem não sabe, sou advogada, e a OAB sempre faz uma solenidade para entrega das carteiras. No dia da minha solenidade, fui bem arrumadinha, chamei minha mãe, minha irmã e dois amigos para me prestigiarem. No decorrer da cerimônia, chega um momento, em que os novos advogados são chamados lá na frente, para receber a carteira de advogado. Tudo dentro do previsto, todos foram sendo chamados, um a um, recebendo os cumprimentos e a carta na sequencia. Chegou a minha vez, me chamaram, eu fui, toda feliz e na expectativa, mas simplesmente não localizavam minha carteira, fiquei alguns minutos obstruindo o evento, parada, enquanto a procuravam freneticamente, sem sucesso, e sendo observada por todos. O presidente da subseção, me pediu desculpas, solicitou que eu assinasse, descesse e que depois receberia o documento. Fiquei frustrada. Desci. Minutos depois, ouço novamente meu nome, solicitando meu retorno à mesa, pois haviam encontrado minha carteira, fiquei envergonhadamente feliz, formalidade finalizada e não tinha um que não passava e comentava o fato de eu ter subido duas vezes para pegar a carta.”

Essas foram minhas histórias, porque o ‘primeiro namoradinho, os primeiros 15 minutos de fama, e a primeira oportunidade de fazer algo especial duas vezes a gente nunca esquece…’ 💩

Indico para responder também a minha amiga fofa Ellen do blog Momentos assim e a charmosa da Simone do blog Charme-se.

Agora me contem aí as histórias de vocês também, quero muito saber rsrsrs

Gostou do blog? Então o siga agora mesmo e curta a Fanpage no Facebook.

Para ficar bem pertinho de mim, siga-me nas redes sociais, eu sou ainda mais legal por lá 🙂 e modesta! rs (tão clichê –‘)

Twitter: isa_cas
Instagram: isa_cas2
Snapchat: isabella-chryst

Um beijo ❤

Anúncios

8 comentários sobre “A primeira vez a gente nunca esquece

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s